Sobre a intensidade do autoconhecimento

Entre o meio e o que está entre

Entre as finalidades e o que acontece no meio

Entre a fúria do terror noturno das impossibilidades à frenética exposição das nossas vísceras de vontade

Tudo acumula

Tudo anula

Tudo convoca a potencialidade

E o que é o céu senão o mar acima?

E o que é o mar

Senão o mistério cósmico do porvir?

Texto e foto: Yve de Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s