Sobre a maternidade parte 2

A maternidade é selvagem. Instintiva.

Uma experiência profunda de amor e desapego.

É um universo paralelo.

Uma escolha consciente ou inconsciente de avançar em um nível avançado de autoconhecimento.

Por vezes, nos provoca reações exageradas, além de uma maior sensibilidade para perceber as necessidades de qualquer ser humano.

Uma mãe pensa com o corpo.

Agarra,

beija,

amassa,

belisca,

morde,

aconselha,

incentiva,

briga,

acolhe,

alimenta,

protege.

Maternidade é sempre um grande e gigante transbordamento.

Texto: Yve Oliveira

Foto: acervo Yve de OLiveira

Autor: Lugar de Fala

Este espaço reflete o meu Lugar de Fala na forma de poemas, entrevistas, fotografias e podcasts. Acabei de lançar um livro Yo Você We - Minhas Experiências com o Amor e apresento um programa ao vivo no Instagram Stories chamado Lives de Segunda ( Todas as segundas-feiras, às 20h30)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s