Louca

Queria reinventar as palavras.

As sensações possuem um amplo glossário, nem sempre mensurável.

Queria ouvir a voz do desconhecido.

Rouca,

mansa,

tumultuando docemente seus ouvidos.

Queria ser louca.

Insanamente solta,

Ilimitadamente livre.

Despreocupada em relação aos perigos do ego controlador.

Enfim,

tornou-se escritora.

Foto e texto: Yve Oliveira

 

Anúncios