Sobre Titanomania

Tenho alguns grandes amores na vida.

Rock, Literatura e Fotografia são três destes combustíveis que alimentam a minha alma.

Por isso, quando tenho a oportunidade de estar ao lado de grandes artistas, fazedores de boas letras e canções eu chego junto com todo o meu amor.

Ontem, 5 de junho de 2019, estive pela segunda vez em um evento literário com o querido titã Tony Belloto.

Embora eu já tenha assistido a muitos shows da Banda, o privilégio de sentar pertinho e escutar alguém que você admira falando sobre o ofício do escritor é sempre muito emocionante.

Belloto falou do seu processo de formação como autor, detalhou em minúcias como escrever romances policiais de qualidade, citou grandes autores e romancistas de diversas partes do mundo, ouviu fãs e seu interlocutor Manuel Costa Pinto com interesse, além de responder questões dos fãs com uma disposição admirável.

A plateia era pequena, mas muito silenciosa, atenta. Ali estavam pessoas interessadas em aprender como expressar melhor suas ideias, como criar bons textos e se aventurar no mundo da leitura e da escrita.

Sem privilegiar um ou outro fã, Tony recebeu a todos na sessão de autógrafo posterior.

Esses encontros são muito comuns com músicos remanescentes dos movimentos da década de 80. E eu acho realmente o máximo!

Texto e foto: Yve de Oliveira

Anúncios